Templates da Lua

Histórico

    + veja mais

    Votação

    Dê uma nota para meu blog

    Outros Sites

    XML/RSS Feed
    O que é isto?

    Leia este blog no seu celular

    Visitante Número

    Créditos

    Templates da Lua

    15/12/2008

    Casa nova

    CANSEI.

    O servidor resolve aperfeiçoar o serviço, mas complicou a minha vida.

    Estou em novo endereço e com novo nome.

    "Confissões" cansou.

    Encontro vocês no:

    UAI MEU

    www.uriguladefatima.blogspot.com

    Beijos,

    Ana

     


    Escrito por Ana às 13h45
    [ ] [ ]

    09/12/2008

     

    Meu DEUS!!

    Estou tendo cólicas de emoção.

    Num dia em que meu ânimo anda mais baixo que sola de sapato... eis que tenho essa notícia maravilhosa: KEANE NO BRASIL EM MARÇO...

    Juro, isso me causou mais comoção do que show da Madonna. Já estou juntando meus trocados, para rever um dos melhores shows que já presenciei.

    Ainda bem que ontem investi em Maracujina.

    A espera de exatos 90 dias será dura, duríssima. 

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u476840.shtml


    Escrito por Ana às 11h06
    [ ] [ ]

     

    Nessa cidade louca onde vivo, trabalhar aos domingos é mais que normal.Dessa vez, sobrou para o marido ter que trabalhar.

    Sendo assim, importante se faz ter cartas na manga para arrumar programas de última hora no domingo. Sim, porque ficar vendo TV no domingo, está fora dos meus planos.

    Fui ao Mosteiro São Bento. Chorei de emoção. Que delícia. Subindo as escadas do metrô, os sinos começaram a tocar e na hora que fui me aproximando do altar: a grande surpresa.... a entrada, o canto, o simbolismo. Vale muito a pena. Mas tem que ser aos domingos, 10 horas da manhã. O dia ajudava... lindo, poucas nuvens, tempo gostoso.

    Saindo do Mosteiro, fui conhecer o Mercado Central - que aqui chamam de Mercadão. Não se parece em nada com o caos instalado que chamam de Mercado na minha terra. O daqui é menor, organizado, não é tão barulhento, corredores largos, espaço exclusivo para os bares... Ei? Cadê os cercadinhos? Cadê os bifes de fígado acebolado com jiló? Cadê os bichos? Senti falta, mas esse é o triunfo do brasileiro: a mesma proposta, vista de formas opostas, culturas tão diferentes, dentro do mesmo país.

    Uma coisa eu garanto: cerveja véu da noiva/canela de pedreiro/ * de pingüim e o melhor caldo de feijão.

    Andar pela Paulista sem lenço e documento é um bom passeio. A feirinha do Trianon e a de Antiguidades do MASP são ótimas.  Ainda mais para ver gente interessantíssima e descolada.

    Terminei meu domingo, num programa que chamo de FUNAI´s Entertainment: uma feira beneficente em prol dos cães e gatos abandonados. Me diverti horrores....

     


    Escrito por Ana às 11h02
    [ ] [ ]

    05/12/2008

    Vou ter um ataque de nervos
    Vou ter, sinto minhas veias pulsarem
    Vou ter um ataque, mas antes eu ataco
    Quero um downer, um down
    Estou ficando maluco
    Camisas de força, por favor
    Qualquer coisa
    Vou ter um ataque de nervos
    E me jogar do sexto andar
    Deus me proteja
    Vou ter um ataque de nervos

    (Ataque de nervos - Cazuza)


    Escrito por Ana às 19h40
    [ ] [ ]

    MÃE,

    olhai por esta filha aflita.

    Rogai por nós que recorremos a vós.

    Amém.


    Escrito por Ana às 17h15
    [ ] [ ]

    eu nunca quis admitir, mas devo dizer:

    DEUSA*

    Mulher Melancia

    *isso é uma piada interna.


    Escrito por Ana às 17h12
    [ ] [ ]

    alguém pode me ensinar a mexer com essa mudança de configuração do UOL BLOG?


    Escrito por Ana às 17h08
    [ ] [ ]

    04/12/2008

    Perdão e transparência, fonte de vida!

    Recebi por e-mail. É meio grandinho, mas interessantíssimo. Todo mundo deve ler! 

    Mensagem do dia

    Quinta-Feira, 04 de dezembro 2008
    Perdão e transparência, fonte de vida

    Temos o perdão como um fardo, como algo impossível de se viver. É o próprio inimigo que suscita esse pensamento em nossa mente. Ele faz com que guardemos raivas, mágoas, ressentimentos... Essa é a tática que ele usa para acabar com a nossa família, nosso grupo e nossa comunidade.

    Não somos capazes de imaginar o mal que a falta de perdão gera. Infelizmente, acabamos guardando dentro de nós o mal que as pessoas nos fazem.

    O ressentimento é como a ferrugem que vai nos corroendo aos poucos e, quando percebemos, já fomos tomados por ela. Porém, quando perdoamos, Deus mesmo preenche nosso coração com o Seu amor e passamos a experimentar a paz com que tanto sonhamos.

    São Paulo nos ensina em sua carta: ''Não se ponha o sol sobre o vosso ressentimento'' (Ef 4,26).

    Somos todos frágeis! Se reconhecêssemos e admitíssemos nossas limitações, seria mais fácil perdoar o irmão e compreender suas fraquezas. Portanto, não tenha medo de falar para Jesus de sua dificuldade de perdoar, do quanto é difícil para você admitir que é capaz de cometer os mesmos erros e as mesmas falhas dos outros. O Senhor conhece o seu coração, mas espera que você fale e admita suas dificuldades. Temos de ser verdadeiros com Deus.

    Seu irmão,


    Monsenhor Jonas Abib


    Escrito por Ana às 11h26
    [ ] [ ]

    03/12/2008

     

    Que desespero não ter inspiração para postar.

    Mas é que no fundo, no fundo, tenho conversado todo santo dia com a única leitora desses rascunhos...

    Estou numa carência de leitores... duro não ser famosa (risos)

    Saudades de ter o que falar.


    Escrito por Ana às 20h13
    [ ] [ ]

    01/12/2008

    Dia mundial da luta contra a Aids


    Escrito por Ana às 16h25
    [ ] [ ]

    26/11/2008

     

    -------Mensagem original-------

     

     De:Urígula

     Data: 24/11/2008 21:25:33

    Para:Fother

     

    Gostar é assistir a J. V., deixar a música bem alta e dançar loucamente “Final Feliz” pensando na maior expressão de amor: Fother

    ... e comemorar o aniversário do meu pai/irmão dela. Aquele que se faz presente em todo momento. Que se faz presente fortemente.

    E só eu e ela sabemos o quanto é intenso. Ninguém mais.

    Egoísmo? Não. Não é egoísmo.

    É amor.

    Estranho como uma música pode unir 3 pessoas. É a estranheza da troca de energias.

     

    Urígula

     

    De: Insight

    Enviada em: quarta-feira, 26 de novembro de 2008 11:29
    Para: Urígula
    Assunto: Res:

     

    Gostar é também compactuar com a alma mesmo que a mesma não se faça carnalmente presente....é uma transmutação etérea e eterna...é quando olhos e ouvidos já são apenas um e a leveza desse sentimento te faz transcender geografias...

    Sim.Uma música não só pode como faz com que 3 espíritos se tornem  apenas um....

     

    T.A.

     

    Fother 


    Escrito por Ana às 14h39
    [ ] [ ]

    25/11/2008

    Navegando pelo Petisco (Julia Petit), voltei há 19 anos, talvez 18. Quando, para mim, ninguém chegava ao chulé do Tom Cruise no quesito beleza.

    Sim, eu sabia a data de aniversário do maluco, tinha recortes de todas as revistas em que ele saia, via todos os filmes... enfim, era fanática.

    Voltando a atualidade... EU TINHA RAZÃO.... e quem está bem demais é a Katie Holmes... porque...

    dá uma olhada nisso:

    Take my breath away...

    O pior é olhar esta foto e lembrar do ensaio da Tamy Gretchen querendo dar uma de Top Gun.  


    Escrito por Ana às 20h06
    [ ] [ ]

    coisas que me matam de raiva I

    Coisas que me matam de raiva I

    1.     Me fazer esperar

    2.     Colocar palavras na minha boca

    3.     Tentar me fazer de boba

    4.     Interromper a minha fala

    5.     Tique nervoso

    6.      Homem que arrota alto para provar o “poder” (de que? Da falta de educação? Só se for)

    7.     Homem que coça saco (nojo, nojo, nojo)

    8.     Pessoa com ar blasé (vide Malu Magalhães e Juliana Didone, Carolina Dieckman, entre outros)

    9.     Pessoa com super ego

    10.  Fanatismo (religioso, por time de futebol, político etc.)

    11. Gente folgada

    12. Gente que fica atrás de mim querendo checar o que estou vendo no computador

    13. Pessoa que conversa alto no mesmo sofá/ambiente que eu, enquanto está passando a novela/programa preferido

    14.  Gente que conta fatos da minha vida para quem não interessa (e, normalmente, sem minha permissão... é quase uma fofoca)

    15. Gente que chupa dente.


    Escrito por Ana às 17h09
    [ ] [ ]

    Rascunho das antigas...

    Quer me matar de ódio?

    Me pede para estar em determinado lugar em  “tantos” minutos. Me faça correr, sair de casa apressada, esbaforida. Me faça ficar olhando para o relógio de minuto em minuto.

    Eu chego na hora. Aviso que cheguei, fico toda faceira na porta e ser humano vira para mim e solta essa:

    “-Chegou? Ah! Espera um pouco que estou resolvendo um assunto.”

    Depois de 40 minutos, liga de novo e diz como se a situação fosse super agradável:

    “-(...) entra aqui no escritório. Bom que você conhece o fulano...”

    Lógico que não vou entrar.

    E a expectativa é a de esperar pelo menos por mais uma hora, morrendo de fome, p. da vida e assentada num refeitório que cheira a gordura velha, a comida é feia e o povo mais esquisito ainda. Salvo raríssimas exceções.

    Só para melhorar meu humor, uma pessoa pede licença para usar a mesa e se coloca à minha frente (eu, mais que enjoada com o cheiro do ambiente) com um “ogro” prato de feijoada, muito nugget e alface.

    Feijoada com nugget???

    Dá licença que vou ali vomitar.

    Nada mais a declarar.

     


    Escrito por Ana às 16h56
    [ ] [ ]

    24/11/2008


    Escrito por Ana às 22h26
    [ ] [ ]